segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Sendo Fogo

Salve juventude que é contra politico de extrema direita tudo suave?
Voltamos com uma postagem mensal e queremos pedir desculpas pela ausência no instagram porque a gente tava em uma pindaiba gigante, mas voltamos e com barulho como sempre mantendo a tradição de deixar você surdx, enfim vamos ao prato principal essa banda maravilhosa vinda da terra dos encantos conhecida como Zona Sul de São Paulo banda formada por ex integrantes(ou atuais vai saber se volta de novo...) do Pode Pá, Sig Sauer, Discurso de Pobre e Western Day essa banda é o Sendo Fogo, formada não sei quando mais se pá foi esse ano ou foi anos atrás e tava engavetada faz uma cota who knows a banda é influenciada por bandas de thrashcore/powerviolence como Chuck Norris, Merda, Spazz, Infest, Jazzus, Charles Bronson e vai seguindo, de imediato lançou um album ou demo, eu prefiro dizer que já é um discão de imediato o "Sobreviver e Lutar" que fala o que a gente envolvido nesse meio antifascista tem de fazer por agora que é sobreviver, lutar e conscientizar a respeito do que ta acontecendo, principalmente das pessoas que vivem da ponte pra cá, em tempos foi um dos barulhos que realmente chamou minha atenção realmente a zona sul em termos de barulho nunca decepciona, vou deixar o link do bandcamp, instagram e outras redes sociais a baixo pra ouvir o trampo deles e ficarem mais atento nos próximos barulho ouçam essa porra se vocês curtem alguma das bandas citadas é isso, até breve e tenha um ótimo mês....ou não!

Sobreviver e Lutar:
Link do bandcamp para ouvir: https://sendofogo.bandcamp.com/releases

Instagram da banda: Sendo Fogo Instagram
Facebook da banda: Sendo Fogo Facebook

quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Dëstërro

Salve juventude que contra com o fascismo com o que tem tudo tranquilo?
Voltamos mais um mês com um barulho novo pra te ajudar a ficar puto e fazer algo contra os fascistas no seu dia-a-dia, e a banda desse mês é o Dëstërro banda de crust/d-beat SC/Brasil formada por membros de outras bandas como Ataque de Tubarão, já postada aqui, a banda é formada por quatro integrantes Raoni(Guitarra,Vocal), Rubens(Bateria) e Italo(Baixo) eles seguem influência de bandas clássicas do crust e d-beat como His Hero is Gone, Warcollapse, Tragedy, Discharge e vai seguindo, as letras remetem ao ser humano, tudo aquilo que ele tem de lidar no dia-a-dia como ansiedade, depressão e outros problemas que a gente enfrenta na nossa sociedade que é machista, sexista, racista, xenofóbica e outras problemas que cê ta ligado qual é, a banda lançou o primeiro trampo esse ano chamado "Natimorto" que fala sobre isso citado acima, com 6 músicas, e realmente ficou foda pra caralho, agressivo e poucas ideia, alias tão poucas ideia que só tem 6 músicas, e recentemente foi lançado um single chamado "Solitary" que remete um pouco sobre a ideia de a ideia da depressão e ansiedade ser romantizada, é algo que acontece muito recentemente na internet e outros meios de expressão, bom vou puxando o bonde aqui vou deixar tudo abaixo daquele jeito de sempre e você da uma sacada, até o mês que vem e tenha um ótimo dia/tarde e noite, até a próxima!

Natimorto:
Link do bandcamp para ouvir: https://desterrocrust.bandcamp.com/album/natimorto

Solitary Single:
Link do bandcamp para ouvir: https://desterrocrust.bandcamp.com/album/solitary

Página da banda no facebook: Dëstërro

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Rastilho

Salve juventude que contesta contra os políticos conservadores tudo suave?
Bom voltamos com postagem nova, banda relativamente nova, é o Rastilho uma banda de crust/punk formada por membros do Abuso Sonoro, Reiketsu e Bandanos começou em dezembro de 2015 com a formação Elaine, Papa, Francisco, Flavio e Luiz, no intuito de fazer um som agressivo e contestador influenciado por His Hero is Gone, Tragedy, Warcollapse, Nausea e vai seguindo, as letras falam sobre empoderamento feminino, feminismo, feminicídio, machismo e sexismo criticando e falando como isso acontece tanto na cena que envolve o libertário como na sociedade em geral e criticas ao sistema que a gente vive que é consumista e capitalista ao extremo e como isso é prejudicial pro ser humano as letras tem bastante camadas e muitas coisas a serem interpretadas, umas são extremamente diretas outras entendi eu que o assunto é mais em baixo, o disco lançado recentemente "O Prego e o Caixão" tem 11 faixas se você curte uma das bandas citadas é altamente recomendável que você escute, se você não gosta de nenhuma, escute do mesmo jeito porque é muito foda bom o texto acabou, já falei demais, escuta o som que é foda, até a próxima!

Album: O Prego e o Caixão
Link do bandcamp para ouvir: https://rastilhocrust.bandcamp.com/releases
Página no facebook da banda: https://www.facebook.com/rastilho.crust/

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Warkrust

Salve povão como cês tão?
Voltamos com outra postagem mensal, e dessa vez vai ser um presente para quem é fan de d-beat/crust/hardcore punk europeu, vamos falar de uma banda que já ta um certo tempo na cena aqui do brasa e também já ta tem seu reconhecimento no mundo inteiro é o Warkrust banda de Crust/D-Beat de Porto Alegre/RS a banda é formada por quatro pessoas com Anne(Vocal), Rodrigo(Guitarra), Ricardo(Baixo) e Matheus(Bateria) tem influencia de Warcollapse, Doom, Discharge, State of Fear, Battle of Disarm, Skitsystem e vai seguindo, ta na ativa desde 2013 já teve participação em três VA's(Vários Artistas) e lançou seu primeiro álbum mesmo no ano seguinte em 2014 com o nome da banda e dois anos depois lançou outro álbum chamado Helvete ambos os discos tem aquela agressividade do d-beat/crust estourado e agressivo, bem caótico e com letras obviamente de criticas a política e a sociedade que a gente vive, altamente recomendável pra quem curte as bandas citadas acima, bom vou me dispensando e mês que vem tem mais postagens com mais barulho, até a próxima.
Peace Y'all.

Warkrust:

Link do bandcamp para ouvir: https://warkrust.bandcamp.com/album/warkrust

Helvete:

Link do bandcamp para ouvir: https://warkrust.bandcamp.com/album/helvete
Página da banda no facebook: Warkrust
Página Barulho do Capiroto no Facebook: Barulho do Capiroto

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Amurians

Salve povão 666 que gosta de cânticos do mal tudo de boas?
Bom voltamos com mais uma postagem mensal e dessa vez, trago uma banda que tem muito do heavy metal tradicional mas um pouco do thrash metal é uma bela de uma misturas de ritmos, e de influencias também estamos falando do Amurians, banda de São Paulo/SP, formado apenas por mulheres Jane Dark Witch(Vocal), Larissa Sacrilege(Guitarra), Ka Hellkiller(Baixo) e Mariza Black Fox(Bateria) a banda é influenciada por Acid, Sacrilege, Atlain, Coven, Plasmatics e vai seguindo, a banda se formou no começo de 2018, de inicio lançando videos no you tube e em seguida lançando uma promo em cd, pra quem gosta de heavy metal tradicional e gosta de algumas dessas bandas citadas acima é altamente recomendável, bom vou puxando o bonde aqui, até o mes que vem juventude do barulho.
Paz rapeize.
Peace Y'all.

Promo CD:

Link dos video no You Tube da faixa Deusa da Morte da promo: https://www.youtube.com/watch?v=VQGbGMRrDGo&feature=share

Link do video ensaio no You Tube: https://www.youtube.com/watch?v=-3bUtgubDZA

Página no Facebook: Amurians Facebook
Página no Facebook Barulho do Capiroto: Barulho do Capiroto

terça-feira, 5 de junho de 2018

ApofeniA

Salve povão 666 tudo numa nice?
Voltamos mais uma vez com um bom e velho som sujo e elegante que você só acha aqui(ou pode achar em outro lugar também) enfim essa banda que a gente vai postar hoje, é formada só por mulheres e é de San Luis/Argentina é o ApofeniA, que faz um death metal old school influenciado por Morbid Angel(Na época ali do Altars of Madness), Carnage, Entombed, Nihilist, Dismember e vai seguindo, a banda é um power trio nervoso, formada por Abril Garraza(Baixo, Vocal), Gisselle Väpnare(Guitarra) e Anabelle Grevinne(Bateria) o som delas é foda demais e sujo, aquele death metal old school sem blast beats exagerados, tecnicos e robóticos a banda já ta na ativa desde 2016 lançou sua primeira demo chamada Peste em outubro de 2016 contendo 5 músicas mostrando a agressividade e a crueza do som delas, o mais foda que eu achei além de ser um power trio foi o estilo de gravação e a temática bem Suécia mesmo, os riffs muitos sujos e bem podre, ficou do caralho essa primeira demo e já to afim de ouvir um album completo, e em Junho de 2017 lançaram mais uma demo com 3 músicas chamada Pestilence a gravação mais suja e um pouco mais caótica que a anterior, se você é fan de algumas dessas bandas citadas acima da uma conferida que é altamente recomendável, bom se encerrando mais uma postagem e até o mês que vem.
Peace Ya'll.

Peste Demo:



Link para ouvir no Bandcamp:https://apofenia.bandcamp.com/album/peste

Pestilence:


Página no Facebook: ApofeniA
Página no Instagram: ApofeniA Instagram

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Strüjen

Salve povão 666 tudo numa nice?
Voltamos mais uma vez e mais um mês mostrando um barulho elegante, phyno, digno de mostrar para um jovem que precisa de uma música boa pra dar um norte nessa vide cheia de indecisões, e a banda desse mês que a gente vai postar aqui, recentemente esteve no Brasil e fez uma tour de leves na nossa terrinha, é o Strüjen, que é um Duo de grindcore formado por Chenn(Baixo/Vocal) e Martin(bateria) de Buenos Aires/Argentina, terrinha da lenda Maradona haha, é influenciado por bandas e lendas como Nasum, Agathocles, Napalm Death, Wormrot, Defecation e vai seguindo, a banda na sua estética e nas letras tem mais a ideia de mostrar questão de Existencialismo e mais questão do ser humano mesmo, bom foi o que eu entendi, coisas que a gente tem de lidar no nosso dia-a-dia, mas a sonoridade ela é muito foda, não se prende a uma formula de blastbeat e skunk(4:20 cachorro) beat o tempo todo, ela vai se alterando, nenhuma track na minha opinião é a mesma, nesse primeiro trampo deles Funeral de inicio já deixa isso claro, eu achei foda isso, agora no Darkness Looks Alive creio eu que a gravação é diferente, mas a agressividade é mais pesada e bem mais grave, o primeiro som tem essa mistureba do grind clássico, ai vai a sonoridade vai caindo, como se tivesse se decompondo, eu acho isso uma doidera, muito foda isso, pode ser que eu esteja falando groselha ou wherever mas FODA-SE falo do jeito que eu quero e achei do caralho, pra quem é fã dessas bandas acima da uma sacada que é extremamente recomendável da uma sacada no trampo deles, bom to puxando o bonde, até a próxima postagem.
Peace Ya'll.

Funeral - Vol.1:

Link do Bandcamp para ouvir: https://strujen.bandcamp.com/album/funeral-vol1

Darkness Looks Alive:

Link do Bandcamp para ouvir: https://strujen.bandcamp.com/album/darkness-looks-alive

Página no Facebook: Strüjen
Página no Facebook Barulho do Capiroto: Barulho do Capiroto

terça-feira, 10 de abril de 2018

Fuck Namaste

Salve mulecada 666 suave brightness?
Voltamos com postagem nova ae, banda nova ae, barulho novo ae, som novo ae, ta ligado? Daquele jeitão, o barulho não para e o capeta continua dançando, vou falar de uma banda massa pra caralho que eu ouvi esses tempos, que é o Fuck Namaste, é da terra maravilhosa dos barulhos praienses, Ceará, a banda formada por um powertrio foda, Priscilla(Vocal), xEltonx(Guitarra) e Charlles(Bateria), a banda tem influência clara de bandas de thrashcore, fastcore e powerviolence, bandas como Chuck Norris, Charles Bronson, Spazz, Ajudanti de Papai Noel, I Shot Cyrus e Triste Fim de Rosilene, mano só as letras curtas e rapidas, eu chapei, porque o papo é reto, e poucas, tem aquela ponta de sarcasmo foda demais, é bom ter umas letras que tão curta fala mil fitas nas entre linhas, os berro da Priscilla é foda demais, os riff sujão do xEltonx é zikão demais, é rapidoom mas tem aquele grave alá escola Darkthrone misturado com Lack of Interest, esse Self Titled é uma obra prima, sem contar o fato que elxs fizeram um cover do Fuck on The Beach, que ficou do caralho, altamente recomendável, se você curte essas bandas acima ai meu jovem, vai que vai que é sucesso, bom rapeize, vou puxando o bonde aqui, até a próxima postagem, até!
Peace Ya'll.
Paz rapeize.

Self Titled:

Link do bandcamp para ouvir/baixar: https://fucknamaste.bandcamp.com/releases
Página no Facebook: Fuck Namaste
Página no Facebook Barulho do Capiroto: Barulho do Capiroto

quinta-feira, 29 de março de 2018

Stoner Love

Salve mulecada 666 do mal que toma suco do milho verde e escuta Black Sabbath quando a mãe não ta vendo, tudo suave brightness?
Demoramos mais voltamos, tudo que é bom é assim né gente, demora, ou não...wherever FODA-SE então, voltamos e pra ficar...bom pelo menos até onde dar né, E voltamos com uma banda topzera de uma terra cheia de encantos Medellín/Colombia é o Stoner Love, que nome mais amorzinho né? Mais não tem nada de amor no som deles não, apenas riffs longos e bateria arrastada pura heresia dos anos 70's, stonerzão de primeira influênciado por Pentagram, Sleep, Bongzilla, Belzebong, Electric Wizard, OM, Dopethrone e vai seguindo, se você gosta de uma dessas bandas ai vai fundo que a brisa é forte, a banda ta na ativa desde 2014, a formação atual é Gigi Isaza(Guitarra/Vocal), Juan Múnera(Baixo) e Fiama Fatale Tafur(Bateria), já tem três materiais gravados já, um split gravado com uma banda chamada Ohmaigad, um ao vivo em um pico chamado "Don Gatto" e um ensaio gravado chamado "Sun Dried Session" que tem um cover de Jane's Addiction que ficou do caralho, mano vou puxando o bonde aqui, da uma sacada na banda ai que é altamente recomendável, 2018 começou, a gente chegou atrasado mas chegou então wherever vida que segue, abaixo vai ta os link do Bandcamp, Soundcloud e página no Facebook até mês que vem.
Peace Ya'll.
Paz Rapeize.

Integration Split/Ohmaigad:

Link do Bandcamp para ouvir: https://stonerlove.bandcamp.com/album/integration-split-w-ohmaigad

Live At Don Gatto:

Link do Bandcamp para ouvir: https://stonerlove.bandcamp.com/album/live-at-don-gatto

Sun Dried Session:

Link do Bandcamp para ouvir: https://stonerlove.bandcamp.com/album/sun-dried-session
Link do Soundcloud: https://soundcloud.com/stoner-love-heavy-doom
Página no Faceboom Stoner Love: Stoner Love
Página Barulho do Capiroto: Barulho do Capiroto