quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Dëstërro

Salve juventude que contra com o fascismo com o que tem tudo tranquilo?
Voltamos mais um mês com um barulho novo pra te ajudar a ficar puto e fazer algo contra os fascistas no seu dia-a-dia, e a banda desse mês é o Dëstërro banda de crust/d-beat SC/Brasil formada por membros de outras bandas como Ataque de Tubarão, já postada aqui, a banda é formada por quatro integrantes Raoni(Guitarra,Vocal), Rubens(Bateria) e Italo(Baixo) eles seguem influência de bandas clássicas do crust e d-beat como His Hero is Gone, Warcollapse, Tragedy, Discharge e vai seguindo, as letras remetem ao ser humano, tudo aquilo que ele tem de lidar no dia-a-dia como ansiedade, depressão e outros problemas que a gente enfrenta na nossa sociedade que é machista, sexista, racista, xenofóbica e outras problemas que cê ta ligado qual é, a banda lançou o primeiro trampo esse ano chamado "Natimorto" que fala sobre isso citado acima, com 6 músicas, e realmente ficou foda pra caralho, agressivo e poucas ideia, alias tão poucas ideia que só tem 6 músicas, e recentemente foi lançado um single chamado "Solitary" que remete um pouco sobre a ideia de a ideia da depressão e ansiedade ser romantizada, é algo que acontece muito recentemente na internet e outros meios de expressão, bom vou puxando o bonde aqui vou deixar tudo abaixo daquele jeito de sempre e você da uma sacada, até o mês que vem e tenha um ótimo dia/tarde e noite, até a próxima!

Natimorto:
Link do bandcamp para ouvir: https://desterrocrust.bandcamp.com/album/natimorto

Solitary Single:
Link do bandcamp para ouvir: https://desterrocrust.bandcamp.com/album/solitary

Página da banda no facebook: Dëstërro

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Rastilho

Salve juventude que contesta contra os políticos conservadores tudo suave?
Bom voltamos com postagem nova, banda relativamente nova, é o Rastilho uma banda de crust/punk formada por membros do Abuso Sonoro, Reiketsu e Bandanos começou em dezembro de 2015 com a formação Elaine, Papa, Francisco, Flavio e Luiz, no intuito de fazer um som agressivo e contestador influenciado por His Hero is Gone, Tragedy, Warcollapse, Nausea e vai seguindo, as letras falam sobre empoderamento feminino, feminismo, feminicídio, machismo e sexismo criticando e falando como isso acontece tanto na cena que envolve o libertário como na sociedade em geral e criticas ao sistema que a gente vive que é consumista e capitalista ao extremo e como isso é prejudicial pro ser humano as letras tem bastante camadas e muitas coisas a serem interpretadas, umas são extremamente diretas outras entendi eu que o assunto é mais em baixo, o disco lançado recentemente "O Prego e o Caixão" tem 11 faixas se você curte uma das bandas citadas é altamente recomendável que você escute, se você não gosta de nenhuma, escute do mesmo jeito porque é muito foda bom o texto acabou, já falei demais, escuta o som que é foda, até a próxima!

Album: O Prego e o Caixão
Link do bandcamp para ouvir: https://rastilhocrust.bandcamp.com/releases
Página no facebook da banda: https://www.facebook.com/rastilho.crust/

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Warkrust

Salve povão como cês tão?
Voltamos com outra postagem mensal, e dessa vez vai ser um presente para quem é fan de d-beat/crust/hardcore punk europeu, vamos falar de uma banda que já ta um certo tempo na cena aqui do brasa e também já ta tem seu reconhecimento no mundo inteiro é o Warkrust banda de Crust/D-Beat de Porto Alegre/RS a banda é formada por quatro pessoas com Anne(Vocal), Rodrigo(Guitarra), Ricardo(Baixo) e Matheus(Bateria) tem influencia de Warcollapse, Doom, Discharge, State of Fear, Battle of Disarm, Skitsystem e vai seguindo, ta na ativa desde 2013 já teve participação em três VA's(Vários Artistas) e lançou seu primeiro álbum mesmo no ano seguinte em 2014 com o nome da banda e dois anos depois lançou outro álbum chamado Helvete ambos os discos tem aquela agressividade do d-beat/crust estourado e agressivo, bem caótico e com letras obviamente de criticas a política e a sociedade que a gente vive, altamente recomendável pra quem curte as bandas citadas acima, bom vou me dispensando e mês que vem tem mais postagens com mais barulho, até a próxima.
Peace Y'all.

Warkrust:

Link do bandcamp para ouvir: https://warkrust.bandcamp.com/album/warkrust

Helvete:

Link do bandcamp para ouvir: https://warkrust.bandcamp.com/album/helvete
Página da banda no facebook: Warkrust
Página Barulho do Capiroto no Facebook: Barulho do Capiroto

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Amurians

Salve povão 666 que gosta de cânticos do mal tudo de boas?
Bom voltamos com mais uma postagem mensal e dessa vez, trago uma banda que tem muito do heavy metal tradicional mas um pouco do thrash metal é uma bela de uma misturas de ritmos, e de influencias também estamos falando do Amurians, banda de São Paulo/SP, formado apenas por mulheres Jane Dark Witch(Vocal), Larissa Sacrilege(Guitarra), Ka Hellkiller(Baixo) e Mariza Black Fox(Bateria) a banda é influenciada por Acid, Sacrilege, Atlain, Coven, Plasmatics e vai seguindo, a banda se formou no começo de 2018, de inicio lançando videos no you tube e em seguida lançando uma promo em cd, pra quem gosta de heavy metal tradicional e gosta de algumas dessas bandas citadas acima é altamente recomendável, bom vou puxando o bonde aqui, até o mes que vem juventude do barulho.
Paz rapeize.
Peace Y'all.

Promo CD:

Link dos video no You Tube da faixa Deusa da Morte da promo: https://www.youtube.com/watch?v=VQGbGMRrDGo&feature=share

Link do video ensaio no You Tube: https://www.youtube.com/watch?v=-3bUtgubDZA

Página no Facebook: Amurians Facebook
Página no Facebook Barulho do Capiroto: Barulho do Capiroto

terça-feira, 5 de junho de 2018

ApofeniA

Salve povão 666 tudo numa nice?
Voltamos mais uma vez com um bom e velho som sujo e elegante que você só acha aqui(ou pode achar em outro lugar também) enfim essa banda que a gente vai postar hoje, é formada só por mulheres e é de San Luis/Argentina é o ApofeniA, que faz um death metal old school influenciado por Morbid Angel(Na época ali do Altars of Madness), Carnage, Entombed, Nihilist, Dismember e vai seguindo, a banda é um power trio nervoso, formada por Abril Garraza(Baixo, Vocal), Gisselle Väpnare(Guitarra) e Anabelle Grevinne(Bateria) o som delas é foda demais e sujo, aquele death metal old school sem blast beats exagerados, tecnicos e robóticos a banda já ta na ativa desde 2016 lançou sua primeira demo chamada Peste em outubro de 2016 contendo 5 músicas mostrando a agressividade e a crueza do som delas, o mais foda que eu achei além de ser um power trio foi o estilo de gravação e a temática bem Suécia mesmo, os riffs muitos sujos e bem podre, ficou do caralho essa primeira demo e já to afim de ouvir um album completo, e em Junho de 2017 lançaram mais uma demo com 3 músicas chamada Pestilence a gravação mais suja e um pouco mais caótica que a anterior, se você é fan de algumas dessas bandas citadas acima da uma conferida que é altamente recomendável, bom se encerrando mais uma postagem e até o mês que vem.
Peace Ya'll.

Peste Demo:



Link para ouvir no Bandcamp:https://apofenia.bandcamp.com/album/peste

Pestilence:


Página no Facebook: ApofeniA
Página no Instagram: ApofeniA Instagram

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Strüjen

Salve povão 666 tudo numa nice?
Voltamos mais uma vez e mais um mês mostrando um barulho elegante, phyno, digno de mostrar para um jovem que precisa de uma música boa pra dar um norte nessa vide cheia de indecisões, e a banda desse mês que a gente vai postar aqui, recentemente esteve no Brasil e fez uma tour de leves na nossa terrinha, é o Strüjen, que é um Duo de grindcore formado por Chenn(Baixo/Vocal) e Martin(bateria) de Buenos Aires/Argentina, terrinha da lenda Maradona haha, é influenciado por bandas e lendas como Nasum, Agathocles, Napalm Death, Wormrot, Defecation e vai seguindo, a banda na sua estética e nas letras tem mais a ideia de mostrar questão de Existencialismo e mais questão do ser humano mesmo, bom foi o que eu entendi, coisas que a gente tem de lidar no nosso dia-a-dia, mas a sonoridade ela é muito foda, não se prende a uma formula de blastbeat e skunk(4:20 cachorro) beat o tempo todo, ela vai se alterando, nenhuma track na minha opinião é a mesma, nesse primeiro trampo deles Funeral de inicio já deixa isso claro, eu achei foda isso, agora no Darkness Looks Alive creio eu que a gravação é diferente, mas a agressividade é mais pesada e bem mais grave, o primeiro som tem essa mistureba do grind clássico, ai vai a sonoridade vai caindo, como se tivesse se decompondo, eu acho isso uma doidera, muito foda isso, pode ser que eu esteja falando groselha ou wherever mas FODA-SE falo do jeito que eu quero e achei do caralho, pra quem é fã dessas bandas acima da uma sacada que é extremamente recomendável da uma sacada no trampo deles, bom to puxando o bonde, até a próxima postagem.
Peace Ya'll.

Funeral - Vol.1:

Link do Bandcamp para ouvir: https://strujen.bandcamp.com/album/funeral-vol1

Darkness Looks Alive:

Link do Bandcamp para ouvir: https://strujen.bandcamp.com/album/darkness-looks-alive

Página no Facebook: Strüjen
Página no Facebook Barulho do Capiroto: Barulho do Capiroto

terça-feira, 10 de abril de 2018

Fuck Namaste

Salve mulecada 666 suave brightness?
Voltamos com postagem nova ae, banda nova ae, barulho novo ae, som novo ae, ta ligado? Daquele jeitão, o barulho não para e o capeta continua dançando, vou falar de uma banda massa pra caralho que eu ouvi esses tempos, que é o Fuck Namaste, é da terra maravilhosa dos barulhos praienses, Ceará, a banda formada por um powertrio foda, Priscilla(Vocal), xEltonx(Guitarra) e Charlles(Bateria), a banda tem influência clara de bandas de thrashcore, fastcore e powerviolence, bandas como Chuck Norris, Charles Bronson, Spazz, Ajudanti de Papai Noel, I Shot Cyrus e Triste Fim de Rosilene, mano só as letras curtas e rapidas, eu chapei, porque o papo é reto, e poucas, tem aquela ponta de sarcasmo foda demais, é bom ter umas letras que tão curta fala mil fitas nas entre linhas, os berro da Priscilla é foda demais, os riff sujão do xEltonx é zikão demais, é rapidoom mas tem aquele grave alá escola Darkthrone misturado com Lack of Interest, esse Self Titled é uma obra prima, sem contar o fato que elxs fizeram um cover do Fuck on The Beach, que ficou do caralho, altamente recomendável, se você curte essas bandas acima ai meu jovem, vai que vai que é sucesso, bom rapeize, vou puxando o bonde aqui, até a próxima postagem, até!
Peace Ya'll.
Paz rapeize.

Self Titled:

Link do bandcamp para ouvir/baixar: https://fucknamaste.bandcamp.com/releases
Página no Facebook: Fuck Namaste
Página no Facebook Barulho do Capiroto: Barulho do Capiroto